Vida financeira e o miolo da melancia.Leia em 3 minutos.

Como o miolo da melancia influenciou a minha vida financeira?

Foi assim…

Qual é a criança que não gosta de melancia? Talvez exista alguma, mas não era eu. Sempre gostei!

Ocorre que toda vez que eu ia comer melancia, queria apenas a melhor parte, somente o miolinho.

Mas meus pais nunca me deixavam comer apenas o miolo…

Era só descuidar estava eu la cutucando o miolinho.

Quando viam me alertavam que tinha que comer o pedaço inteiro, e não pegar só a melhor parte, porque era falta de educação com as outras pessoas.

Ora, parece óbvio isso para qualquer adulto… Eles não fizeram por mal… era apenas uma questão de educação.

Porém, a criança forma conexões neurais até os 7 anos de idade.

Adultos também formam novas conexões neurais, mas imagine uma criança como um disco zeradinho, pronto pra gravar e aprender como deve viver.

As emoções, sentimentos e aprendizados de uma criança torna-se sua forma de pensar o mundo para o resto da vida. Tá… resto da vida não… dura ao menos até o adulto tomar consciência e ter vontade de mudar.

Se você medir a frequência cerebral de uma criança, será a frequência Theta, a mesma que os adultos tem ao dormir, quando a consciência está desligada. Ora veja só… por isso as crianças vivem no mundo da imaginação, sonhando acordadas.

É nesta fase que se formam as mais fortes crenças fortalecedoras e limitantes.

São caminhos neurais, como se fossem um aplicativo pronto para ser executado.

Acontece alguma determinada coisa na sua vida, e disparada um gatilho para determinado aplicativo que já está instalado no seu cérebro, e você age “sem pensar”. Já sentiu isso?

Sabe aquela afirmação que diz que nós usamos apenas 10% do nosso cérebro? Semi verdade… ocorre que nós usamos 100% mas temos consciência de apenas 10%. Quer dizer… 90% das nossas escolhas são inconscientes. Agimos pela emoção executando a crenças que aprendemos quando éramos crianças.

E por exemplo cresci acreditando que para comer o miolinho da melancia, primeiro tinha que comer uma parte que eu não gostava tanto.

Isso virou uma crença. Consequentemente… nada de bom vinha na vida sem que fosse com muito esforço.

Porque eu procurava naturalmente o esforço antes da parte boa. Algo que eu não gostava tanto de fazer, para depois ter a parte boa. Como se fosse uma recompensa.

E eu fazia automaticamente isso, todos os dias da minha vida. Mas para tudo…

Quem foi que disse que eu não poderia ter somente a parte prazerosa e ainda assim ter sucesso financeiro? Ninguém!

Simplesmente foi como fui acostumado a fazer. E assim é com milhares e milhares de pessoas. Aprenderam quando criança, com o miolo de melancia, cobertura do bolo… entre outras tantas situações.

Pessoas que estudam muito, se preparam, passam passam a vida trabalhando, dando o melhor de si, abdicando de prazeres, deixando de lado muitas vezes a família em busca de seus sonhos e continuam sempre patinando estagnadas no mesmo lugar, inundadas em dívidas.

Enquanto para outras a prosperidade parece fluir livremente em suas vidas, abundante, sem muito esforço. Suas ações trazem bons frutos enquanto encontram felicidade pelo caminho. POR QUÊ?

Porque as crenças que aprenderam quando criança determinam os resultados que tem hoje. Simples assim.

E enquanto não tomarem consciência disso e decidirem pela mudança, vai continuar aquela conhecida história.

O rico fazendo um monte de bobeiras continua a ser rico, porque é seu estado natural, aprendeu desde criança a se comportar e tomar decisões automáticas que o levam a ser rico.

E o pobre pode se esforçar a vida inteira, estudar tudo o quanto quiser, em qualquer lugar do mundo. Enquanto não mudar sua mentalidade, continua na pobreza. Quando ganha uma bolada, trata logo de dar um jeito de gastar ou perder.

A BOA NOTÍCIA: É POSSÍVEL MUDAR ISSO.

Assim como um dia aprendemos quando criança, existe um método para reaprender. Qualquer pessoa pode mudar. Basta ter consciência, e decidir mudar.

É possível eliminar as crenças negativas sobre qualquer assunto, inclusive sobre sobre dinheiro e reprogramar a mente para enriquecer.

Existem vários métodos e você pode escolher entre Hipnose, Meditação… etc…

Eu particularmente gosto de ir direto ao assunto sem rodeios e ter resultado logo.

Por isso escolhi o caminho do Coaching com exercícios práticos e rápidos.

Encontrei um curso do PAULO VIEIRA (O mais renomado Coach do Brasil) que foi muito esclarecedor e trouxe mudanças definitivas para minha vida.

Então deixo aqui esta dica… Vou deixar o link…

Caso se interesse, clique aqui: 👉 Mentalidade Financeira

Espero que a minha história ajude você a conquistar os seus sonhos. Aproveite o curso!


Desejo felicidade, prosperidade e sucesso…


Grande abraço do David.


P.S.: Se conhecer alguém que gostaria deste matéria, marca nos comentários!

Gostou desta matéria que escrevi para você?

Quantas estrelas merece?

considere ajudar outras pessoas. Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhe no Facebook 0
Compartilhar no twitter
Share on Twitter
Compartilhar no linkedin
Share on Linkdin 0
Compartilhar no whatsapp
Compatilhe via WhatsApp

Intrépido otimista; estudioso da vida; empreendedor entusiasmado; apaixonado pela criatividade, design, comunicação, marketing e vendas; dedicado a ajudar a encontrar o que há de melhor em você e transformar em algo que possa ser vendido para ajudar pessoas. Saiba mais sobre mim…

Você já esta aqui, Leia Mais...

Aproveite e deixe um comentário...

Fechar Menu
shares
×

Carrinho